Programa de Enriquecimento Instrumental (PEI)

O PEI foi desenvolvido com o objetivo de aperfeiçoar ou corrigir falhas de concentração, de planejamento e organização, de processamento mental de informações, memória, dificuldades de aprendizagem e baixo rendimento intelectual. Estas habilidades, relacionadas com as capacidades de processamento mental, são conhecidas como funções cognitivas. A sua utilização, em conjunto com outras ferramentas da Reabilitação Neuropsicológica, garante um excelente treino destas habilidades, ampliação da auto-percepção sobre as próprias dificuldades (metacognição) e auxilia no encontro de meios para contornar os impactos negativos destas disfunções no dia-a-dia da pessoa.

 

O PEI é particularmente indicado para crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem. Através dele conseguimos favorecer a emergência das funções cognitivas na etapa inicial da vida, enriquecendo as ferramentas verbais conceituais, as habilidades espaciais e temporais e as funções de processamento que garantem a representação das relações e a abstração. Trabalha o potencial de desenvolvimento de analogias, expressão do pensamento divergente, do pensamento convergente e a discriminação auditiva e tátil. Promove o pensamento reflexivo e a motivação interna, assim como os sentimentos e a propensão da criança para gerar informações e não ser um mero reprodutor de conteúdos decorados.

 

 

A aprendizagem significativa é conquistada através da criação de condições para o indivíduo transferir para outros contextos aquilo que aprendeu nas atividades do PEI.